E agora José?

E agora José?

    E agora José? Você partiu para se encantar. E agora como viver sem suas trelas; seus beijos e abraços de forma bem peculiar, que deixavam aos que os recebiam, uma alegria de tê-los merecidos; seu ser de inocência e alegria. Viver sem sua linguagem cuja essência era a pureza e o amor. Uma linguagem ainda para poucos, que nos ensinou e nos tornou o que somos.

    Esse pequeno livro traz um pouco das histórias de algumas pessoas que conviveram com José. Ele era portador de TEA (transtorno do espectro autista). Assim a leitura desse livro possibilitará reflexões sobre como a experiência de convivência com pessoas como José, pode ser sim, um momento de aprendizagens e alegrias.

     

    0 Comments

    Leave Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *