Como Escrever um Livro

Como Escrever um Livro

    Na hora de escrever, muitos escritores talentosos se perdem totalmente no processo por não entenderem de fato como escrever um livro. Muitos deles não sabem nem por onde começar. Assim como qualquer outra atividade autônoma, que depende única e exclusivamente da sua vontade, escrever um livro requer planejamento e sistematizações que jogam muito por terra o mito da inspiração. Além disso, e fato importantíssimo, escritores precisam conhecer seu ofício, o que nos remete a uma rotina de leitura e escrita. Se você não tem ideia de como abrir esse capítulo da sua vida profissional, esse texto traz algumas dicas que podem te ajudar.

    O primeiro passo é o desenvolvimento de uma ideia geral, um “start” para seu livro. E, isso pode ser de várias formas, seja através da descrição de um ambiente ou da ação de um personagem. Muitos autores já começam suas histórias ou estórias com uma boa ideia de como querem desenvolver sua obras, isto é, do que a mesma vai versar ou se tratar. Essa perspectiva é interessante para evitar desvios narrativos ou de perspectiva que podem prejudicar muito o desenvolvimento do livro.

    Então, por exemplo, se você for escrever uma história sobre perdão ou que tenha esse tema como pano de fundo, ou ainda, como fio condutor narrativo, é bem interessante se servir de temas adjacentes para compor e tecer possibilidades dramáticas ou narrativas dentro do livro.

    Comece a se fazer perguntas do tipo: “Onde essa história vai se passar?”, “ Terá um personagem principal?”, “Quem é esse personagem?” etc. Quanto mais seus personagens forem verossímeis, maior a possibilidade deles caírem no gosto do leitor. Não confunda verossimilhança com realidade. O Frodo, de Senhor dos Anéis, não é real. Mas a obra nos passa a sensação de que alguém viveu mesmo toda aquela jornada e, por isso, nós leitores somos tragados também para dentro da narrativa, e isso é verossimilhança. Por outro lado, Robinson Crusoé, de Daniel Defoe, foi inspirado na história real de um marinheiro escocês, mesmo assim, apresenta também nuances criadas pela inspirada criatividade do autor.

    Tome cuidado com ideias aleatórias que vão surgindo. Algumas delas podem até ter conexão direta com o tema. O mais complexo é conseguir enxergar em que parte da narrativa elas poderiam se encaixar. A metáfora da construção de um edifício é perfeita para entender esse ponto.

    Dependendo do tamanho dele, será necessário um tipo de base mais sólida ou mais profunda. Não adianta, de repente, você começar a querer ter ideias sobre os azulejos para o banheiro se seus alicerces não estiverem de pé. Entretanto, não jogue suas ideias de decoração fora, guarde-as para o momento oportuno.

    É claro que você precisa definir previamente o gênero literário para escrever seu livro. Essa é uma escolha que também faz parte das bases de sustentação da sua obra. Aparentemente, o formato de Romance é mais disseminado entre os escritores e mais popular entre os leitores. Mas há ainda gêneros bastante conhecidos como o Conto e a Fábula. No Brasil, também temos a Novela também como uma possibilidade dentro dos gêneros narrativos. Tenha em mente que, devido as características de cada gênero, a readaptação de um conto para um romance, por exemplo, custa tempo e energia que poderia estar sendo investidos em outras questões. Pense nisso!

    A organização do enredo vai requerer de você algum conhecimento de teoria literária, principalmente no que tange a estrutura e formatação de tramas. Geralmente, as obras literárias apresentam dois tipos de estruturas. Uma delas é configuração de texto teatral, na qual o escritor pode dividir o enredo em vários atos. No primeiro ato, por exemplo, ele poderia apresentar o local da história, os ambientes e os personagens, contextualizando-os dentro da narrativa. No segundo momento, o autor destaca os imbricamentos das relações entre os personagens, ou entre o personagem e um lugar, uma coisa. Ou seja, aqui se apresenta um conflito que vai requerer uma solução. A conclusão pode ser apresentada num terceiro ato, no qual por exemplo um mocinho enfrenta um vilão e, da consequência desse confronto, os demais personagens são encaminhados para um desfecho.

    Uma outra possibilidade de configuração de enredo é conhecido como O Monomito da Jornada do Herói. Nesse formato, um personagem principal é provocado a viver uma grande aventura. O herói se nega a viver tal experiência, porém é convencido a mudar de ideia através dos argumentos de outros personagens. Nessa jornada ele enfrenta inúmeros desafios, sempre ajudado por outras figuras. No fim, ele luta contra o vilão principal e vence. Todo esse caminho faz com que o herói tenha uma significativa mudança interior e moral, o que molda suas decisões ao regressar para o lugar de saiu.

    Essas duas possibilidades não são excludentes, já que é possível adaptar características das duas em um determinado texto literário, tornando a obra mais rica, mais complexa e interessante para o leitor. A questão é saber quais são as características de cada uma se adaptam melhor no seu material.

    O Conflito, que é o combustível para o clímax do livro, também podem ser de vários tipos, dependendo é claro do seu foco narrativo. Então, ele pode se apresentar nos moldes de um confronto homem versus homem, ou homem contra a natureza, ou ainda, homem versus sociedade etc. Há histórias que são capazes de colocar em perspectiva mais de um conflito, o que também enriquece e muito um livro.

    Como escrever um Livro Rápido?

    Os escritores profissionais passam muitas horas por dia se dedicando a escrita e a leitura de seus originais e também pesquisando. Aquela ideia romântica do escritor boêmio que recebe uma inspiração dos deuses e escreve logo de cara um livro perfeito não coaduna com as exigências mercadológicas atuais. Por isso, pense que no desenvolvimento do seu trabalho, precisará passar horas escrevendo ou mesmo pesquisando sobre o tema. E, se você pretende ganhar dinheiro com a publicação de livros, vai ser cobrado em relação ao atendimento de prazos e para a entrega frequente de um volume considerável de material. As editoras também querem ganhar dinheiro! Tenha isso em mente. Importante lembrar: Não deixe para fazer o grosso da pesquisa de tema, enquanto escreve. Pesquise primeiro, aprenda a como escrever um livro e finalmente escreva!

    Muitos autores já começam a escrever um livro tendo em mente um público alvo. O desenvolvimento da literatura infanto-juvenil se deu em grande parte devido a observação do comportamento, dos costumes e preferências desse público, por exemplo. Entretanto, essas preferências foram diluídas dentro dos textos. A mensagem importante aqui é: estabeleça um público alvo e escreva para ele.

    Por fim, a dica mais importante a ser dada para quem quer ser um escritor, ou entender como publicar um livro de boa qualidade é: leia seu material todo dia e escreva todo dia, nem que seja para mudar uma única vírgula.

     14

    7 Comments

    Adalberto
    • dez 31 2017
    Boa página
    Jean
    • jan 8 2019
    Amei!!! Parabens ótimo conteudo e dicção.
    Sayure D. Santos
    • fev 16 2019
    Excelente Post! Continuarei seguindo este Blog, aproveita e dá uma passadinha no meu. Tenho certeza que irá agregar bastante valor e conhecimento também. Te aguardo lá.. Gratidão!!
    Flavio Alves
    • ago 15 2019
    Tô escrevendo o meu, mas será uma compilação de conclusões sobre a vida. Alguma dica extra?
    Mara Gleide fraga Dias Silveira
    • out 5 2019
    Muito, muito bom. Apesar de ser professora de literatura e conhecer sobre o assunto, sinto que houve um complemento aos meus conhecimentos. Verdadeiramente extrapolou minhas expectativas. já tenho publicado um livro de poesias, falta escolher o genero
    Mara Gleide fraga Dias Silveira
    • out 5 2019
    Muito, muito bom. Apesar de ser professora de literatura e conhecer sobre o assunto, sinto que houve um complemento aos meus conhecimentos. Verdadeiramente extrapolou minhas expectativas. já tenho publicado um livro de poesias, falta escolher o gênero e mãos à obra. obrigada!
    flavia evellyn
    • abr 11 2020
    amei preciso muito da ajuda pois estou escrevendo um livro

    Leave Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *